Informação sobre enxaqueca, causas, sintomas e tratamento da enxaqueca e cefaleia. Abordamos todos os tipos de enxaqueca.


sábado, 9 de janeiro de 2016

Diversos tipos de enxaqueca

A enxaqueca é uma condição complexa com uma ampla variedade de sintomas. Para muitas pessoas a principal característica é uma dor de cabeça dolorosa. Outros sintomas incluem perturbação da visão, sensibilidade à luz, som e cheiro, sensação de enjoo e vómito. Enxaqueca pode ser muito assustador e pode resultar na necessidade de uma pessoa ficar parada e quieta por várias horas.

Os sintomas variam de pessoa para pessoa e os mesmos indivíduos podem ter sintomas diferentes durante diferentes ataques. Os ataques de enxaqueca podem variar em duração e frequência. Enxaquecas geralmente duram de 4 a 72 horas e a maioria das pessoas ficam livres de sintomas entre os ataques. Enxaqueca pode ter um enorme impacto sobre o seu trabalho, família e vida social.

Os tipos de enxaqueca

Vários tipos de enxaqueca existem. Enxaqueca com aura, enxaqueca sem aura, enxaqueca basilar, enxaqueca oftalmoplégica, enxaqueca hemiplégica familial, enxaqueca retiniana, status enxaquecoso, enxaqueca complicada e enxaqueca transformada (cefaleia crónica diária), enxaqueca menstrual, enxaqueca na mulher e enxaqueca por disfunção da vértebra cervical, são os tipos descritos. Enxaqueca sem aura é a forma mais comum de enxaqueca, é na maioria das vezes o que popularmente se chama enxaqueca. A duração das crises é de 4 a 72 horas, e são necessárias 5 crises para considerarmos o diagnóstico de enxaqueca Os sintomas presentes na enxaqueca sem aura incluem a dor do tipo pulsátil, de moderada a forte intensidade, tipicamente em um lado da cabeça. A cefaleia piora com actividades habituais e é acompanhada de sensibilidade a luz, barulho e cheiros, enjoo, e por vezes vómitos. Enxaqueca com aura. Apresenta as mesmas características da enxaqueca sem aura, porém, fenómenos visuais como luzes, pontos escuros, figuras geométricas e até a perda de uma parte do campo visual são descritas.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL